domingo, 31 de maio de 2009

Cantando na Chuva

(Gene Kelly cantando na chuva- mistura de água e leite)

Rever filmes interessantes é um hábito que cultivo.
Nessa noite de sábado, escolhi um grande clássico Hollyoodiano.
Fascinante, seria talvez, a palavra mais clichê para descrever Cantando na chuva.



Este, é para mim, o melhor musical da história e obra prima da Metro. Mesmo aqueles que têm preconceitos em relação a musicais, se renderão ao seu encanto. É cinema do mais alto nível, diga-se. Inteligente, cômico, romântico.



Tudo é perfeito: fotografia, roteiro, trilha sonora, história.
E haveria por acaso, modo mais adequado de mostrar a dinâmica dos bastidores de filmagem?
Claro que a imagem mais marcante da película, é a antológica sequência de imagens de Gene Kelly, dançando- e cantando- na chuva, que nos deixa tontos com seus passos de dança, com o belo corpo e charme dos grandes astros de Hollywood.


O filme revela ainda a magia do cinema, onde o espectador pode sonhar num mero galpão abandonado, com o parco auxílio de enorme ventilador e uma velha escada.
Já imaginou a dificuldade que foi a transição do cinema mudo para o falado? Sabiamente, o cenário foi situado dentro de um estúdio e retratado no final dos anos 20, esse momento tão árduo e siginificativo e para a indústria cinematográfica.

Foi o precursor no uso do som e o primeiro filme falado e cantado.
É interessante podermos ver a aceitação do público para essa nova modalidade, bem como a aflição dos estúdios para se acomodarem à nova cara que surgia na indústria.
E o que dizer da atuação?


Gene Kelly (Don) lindo, irresistível e perfeito nas falas e belas coreografias. Donald O´Connor (Comso Brown) tem excelente atuação, nos faz rir com suas expressões faciais, suas caretas super engraçadas (que lhe renderam o Globo de Ouro de melhor ator comédia/musical).
Jean Hagen (Lina Lamont), que foi indicada ao Oscar, deslumbra, com suas falas erradas e voz pra lá de irritante. E Debbie Reynolds (Kathy Selden), bela e doce em sua coreografia e perfomance, cantando a música "Good mornin´".


(Singin' in the Rain, 1952)
Direção: Gene Kelly e Stanley Donen
Título Original: Singin'in the Rain
Elenco
Gene Kelly (Don Lockwood)
Donald O'Connor (Cosmo Brown)
Debbie Reynolds (Kathy Selden)
Jean Hagen (Lina Lamont)
Millard Mitchell (R.F. Simpson)
Cyd Charisse (Dançarino)
Douglas Fowley (Roscoe Dexter)
Rita Moreno (Zelda Zanders)
Madge Blake (Dora Bailey)



Curiosidades:
*A Chuva, onde Gene faz suas coreografias, é uma mistura de leite e água
* voz que canta e aparece no fim, dublando a personagem Lina Lamont (Jean Hagen) supostamente da personagem Kathy (Debbie Reynolds), era de fato a voz verdadeira de Jean Hagen.
* Gene Kelly estava com febre durante as filmagens da famosa cena em que canta Singin'in the rain.
* Somente após a escolha das canções que fariam parte do filme, é que foi escrito o roteiro do filme.

Trilha sonora

1 - Singin in the Rain
Música por Nacio Herb Brown.
Letra por Arthur Freed.
2 - Fit as a Fiddle
Música por Al Hoffman e Al
Goodhart.
Letra por Arthur Freed.
3 - All I Do Is Dream of You
Música por Nacio Herb Brown.
Letra por Arthur Freed.
4 - Make 'Em Laugh
Música por Nacio Herb Brown.
Letra por Arthur Freed.
5 - I've Got a Feeling You're Foolin
Música por Nacio Herb Brown.
Letra por Arthur Freed.
6 - The Wedding of the Painted Doll
Música por Nacio Herb Brown.
Letra por Arthur Freed.
7 - Should I?
Música por Nacio Herb Brown.
Letra por Arthur Freed.
8 - Beautiful Girl
Música por Nacio Herb Brown.
Letra por Arthur Freed.
9 - You Were Meant For Me
Música por Nacio Herb Brown.
Letra por Arthur Freed.
10 - Moses
Música por Roger Edens.
Letra por Betty Comden and Adolph Green.
11 - Good Morning
Música por Nacio Herb Brown.
Letra por Arthur Freed.
12 - Would You
Música por Nacio Herb Brown.
Letra por Arthur Freed.
13 - Broadway Rhythm Ballet
Música por Nacio Herb Brown.
Letra por Arthur Freed.
14 - Singin in the Rain (in A-Flat)
Música por Nacio Herb Brown
Letra por Arthur Freed
15 - You Are My Lucky Star
Música por Nacio Herb Brown.
Letra por Arthur Freed.
16 - Temptation
Música por Nacio Herb Brown.
Letra por Arthur Freed.



Imagens da internet.
Pesquisa:site Adoro cinema

Share/Save/Bookmark

6 comentários:

Jens disse...

Oi Inês.
Fecho contigo na admiração por Cantando na Chuva. É um dos melhores filmes de todos os tempos. Gene Kelly está soberbo.
Um beijo.

Moacy Cirne disse...

Sim, minha cara, "Cantando na chuva", inegável obra-prima, é um filme emblemático. Ironicamente, a voz cantante que ouvimos no final, supostamente da personagem vivido por Debbie Reynolds, que estaria dublando a atriz interpretada por Jean Hagen, é a voz de... Jean Hagen. Aquela voz irritante, gasguita, da personagem Lina Lamont não passava de interpretação ou, aí sim - aqui estou levantando apenas uma hipótese -, de pura e simples dublagem.

Um aabraço. E um beijo.

Ines Motta disse...

É verdade. Moacy.
É provável que a voz irritante de Lina, fosse realmente dublada. Ou excelente interpretação, haja vista que a suposta voz da personagem de Debbie, é de fato da própria Jean.
Irônico, mesmo.
Beijos.

Anthos disse...

Eu também adoro filmes musicais! Finalmente encontro alguém que também assume que gosta deste género de filmes! Eu também acho que é cinema de altíssima qualidade.
Singing in the rain é um dos meus preferidos de sempre.
Há outros dois que são para mim especiais:
- Cover girl com Rita Hayworth;
- Thoroughly Modern Millie com Julie Andrews...

Izabel Garcia disse...

È um dos filmes mais lindos que já vi!!

LIDIIANE disse...

blog maravilhoso. parabéns.
amo filmes de todos os generos e os musicais se destacam, são admiráveis os trabalhos de produção e ediçaõ desses filmes.